sábado, 7 de novembro de 2009

Estima-se Adversário no Jogo de Xadrez

Vagas ilimitadas. Ambos os sexos. Não é necessário experiência, mas ter boa vontade e simpatia são pré-requisitos diferenciais. Ter tempo também é desejável. Ganhos a combinar. Interessados postar um comentário neste texto.

Ontem foi o meu aniversário e, vendo uns presentes passados perdidos pelo quarto, encontro um jogo de xadrez. Ganhei-o da ex-patroa da Mamãe e, confesso, quando menor, brinquei um bocadinho com esse tal jogo de tabuleiro clássico. Brinquei pouco porque não havia muitos amigos com os quais poderia travar uma verdadeira guerra mental-estratégica, lá no condomínio onde residia. Os jogos lá eram mais corporais, táteis, agressivos, por exemplo: futebol, vôlei, taco, pega-pega, esconde-esconde e por aí a fora... Se não me engano, joguei-o com apenas uns três amigos. O tabuleiro está praticamente semi-novo. Sou o único dono.

Mas agora, vendo esta caixa de madeira meio empoeirada – o tabuleiro se transforma numa caixa para abrigar as peças (a corte) -, o desejo em usá-la se faz crescente no presente presente. Contudo, para desfrutar desse jogo lúdico, careço de um adversário. E é por isso que deixo aqui registrado a vaga em aberto de Adversário no Jogo de Xadrez. Espero receber candidatas e candidatos até o fim desta semana.

Haverá, afinal, pessoas ainda interessadas em algo tão simples e tão afável??

Nenhum comentário:

Postar um comentário