sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

“Isso poderia ser um poema”

“Isso poderia ser um poema”

No arrependimento de hoje há o rompimento de ontem. No ciúme que floresceu, o amor se esconde. Tu não devias ter feito o que fez. Tu não devias desgostar do alguém que o outrem agora gosta. Escolhas feitas, conseqüências insatisfeitas. E agora? Tu me perguntas. Ora, já passou da hora de podar as plantas.

...

“E é?”

no arrependimento de hoje
há o rompimento de ontem

no ciúme que floresceu,
o amor se esconde.

tu não devias ter feito
o que fez
tu não devias desgostar do
alguém que o outrem
agora gosta

escolhas feitas,
conseqüências insatisfeitas.

e agora?
tu me perguntas.
ora,
já passou da hora de podar as plantas.