quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Hanseníase

você me faz querer ser alguém melhor.
você me faz duvidar de mim mesmo:
já não sei mais se
tudo o qu’eu sabia era
tudo o qu’eu sabia ou só
tudo o qu’eu sabia...

mas sei que de você eu gosto!
por ser tão anormal assim é qu’eu te curto!

e se pra você tudo é relativo,
pra mim, tudo é aditivo.

nada dura para sempre - legal
nada do qu’eu diga te convence - porra!
se cada um se fode a sua própria maneira,
por que você me fode assim?!?

eu te conheci ontem
e já não sei mais se continuarei te conhecendo amanhã
e depois
e depois de amanhã
e depois?
não há nada depois,
apenas o presente poema ao por do sol
e nada mais
a noite avançada atropelou o nosso caso prematuro
e fico aqui sem futuro
deformado e sem afeto
efeito de mais uma dermatose
por osmose
por você