sexta-feira, 18 de maio de 2012

SALGADINHOS

O mar é salgado
Mas quem o salgou?
Não vejo saleiros sobre a terra plana...
Tampouco pacotinhos em cestinhos de vinil

A lágrima é salgada
Mas quem a salgou?
Não vejo a salinidade que escorre sobre a face
Só sinto a solitude no canto dos lábios...

O preço disso é muito salgado!
Mas quem o salgou assim?
S'eu compro, isso ganha outro valor
E s'eu ganho, isso tem outro valor pra mim

E desde quando o salgado sai caro?
Salgar comida é arriscado
Provoca infarto e outras cardiopatias
O sal já não é mais bem-vindo
E o meu salário vai indo...

Sendo assim, que tal um salgado?
O pessoal da facul o come adoidado
Com suco, refri ou um cafezinho
É boa opção pra tapear aquela fominha de fim de tarde
Porém, se estiver sem saldo,
Sem alarde, minha gente, bora dividir um salgadinho aqui e agora?
Pois amizade é assim mesmo
E isso não tem preço
Amizade é tudo de bom!
É açúcar que adoça o coração.