terça-feira, 14 de maio de 2013

Aprendendo a cozinhar


passei o mês assado
bem passado passei o mês
que passou
e não voltou
apenas passei
mas chorei também

passado quando volta não faz bem
mesmo que esse bem,
outrora meu bem,
fazia-nos um bem danado
no passado,
é claro
hoje,
é desalmado,
desgraçado,
tipo um mal necessário

sim,
um mal necessário
pois quando volta o antes morto e enterrado,
a gente finalmente percebe
o quão idiota a gente foi;
a gente cai em si diante da bobagem que a gente
mesmo alimentava
e teimava
em estar acompanhada,
sempre desavergonhada

perceber isso é muito bom!
se tocar nos faz um grande bem
sacar claramente aquilo que
a gente tanto quer na pessoa que não tem aquilo que
a gente tanto quer
é maravilhoso!
gostoso mesmo
melhor que isso é ver aquilo (que a gente tanto quer)
naquela outra (pessoa) que não tinha
nada haver com isso ou aquilo outro

passei tempo demais no desgosto,
passei do ponto,
de novo,
mas valeu a pena cada minuto a mais,
sabe

hoje,
eu sei que aquilo que pegava fogo,
e me queimou,
esfriou e se extinguiu
queimado estou
mas
mesmo nas cinzas
ainda vejo o Amor



e Ele queima devagar,
sem presa pra cozinhar,
e o cheiro dele é delicioso!

já, já o
silvo,
sorvo e
sirvo
de novo
de
novo e
de novo
e