terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Rolo

Não sei no que vai dar
Este nosso caso mal resolvido.
Já me cansei de andar
Rumo ao desconhecido.

A gente vai,
A gente volta;
A gente sai,
A gente solta.

E quando finalmente nos entendemos
Parece que o Destino nos desentende.
Aí, num dia qualquer, rompemos.

E ficamos meses sem nos ver,
Sem direito viver
Até o dia em que o Destino nos surpreende.