sábado, 29 de março de 2014

O poeta lê a sua obra (1)

Bem, amigo Antônio, cumpri o prometido.

Taí o vídeo!!

Espero que goste.

Admito que fiquei nervoso, pois nunca fiz um vídeo desse tipo, e também nunca li um poema meu assim; aliás, nunca declamei um meu em frente às câmeras, só em frente ao espelho mesmo.

Fiz três versões da leitura, porém, só publico aqui a que achei melhorzinha.

Cara, o negócio é bom!!

Vou fazer mais coisas desse tipo.

Forte abraço, amigo!!

E obrigado pela dica.

Bruno Oliveira




video