sexta-feira, 4 de setembro de 2015

DELAY

Tinha chegado ao limite. Sua força tinha se esvaído duma vez do seu musculoso corpo. Dor não sentia. Seu estado era o de ruína; estava se desmoronando rápido, porém, se sentia em câmera lenta, para enfatizar o próprio drama. No chão, resmungou alguns impropérios, deu uns baixos gemidos e babou um pouco, que nem menino pequeno. Ainda no chão, duro e imóvel, ficou se imaginando nas telas LED caindo bem lentamente após a porrada forte sofrida. Concluiu: "Eh, até a derrota fica linda em alta definição".