terça-feira, 15 de setembro de 2015

Do meu processo (2)

A Inspiração vem de todos os lados, de todas as formas. Basta você estar aberto a Ela e Ela vem. Às vezes, Ela demora, é verdade, mas quando vem, vem duma vez, num turbilhão de ideias crescentes. Eu acredito nisso. É a mais pura verdade verdadeira, não é verdade inventada. Por exemplo: há um tempo, fiz um poeminha inspirado num bate-papo que tive com uma grande amiga minha. Você sabe, bons amigos nos inspiram, isso é fato. O papo corria bem e, durante ele, percebi que estávamos cavoucando conceitos muito interessantes – é sempre bom estar aberto ao diálogo sincero e despretensioso. Assim, ao fim dele, fiquei com aqueles conceitos na cachola e me predispus a confeccionar um poeminha. Fiz umas anotações, para não me esquecer dos conceitos debatidos, e pronto, criei uma historinha em forma de poema. Gostei do resultado e o publiquei aqui no blog. Hoje, dia 15/09/2015, vi uma imagem no Instagram que ilustra muito bem o meu poema. Curioso que, mesmo depois de tanto tempo, associei a imagem vista a um poema meu de tanto tempo já feito. Será que os astros estão querendo me dizer alguma coisa? Enfim, pega aqui no link e se distraia um pouco dessa vidinha nossa corriqueira. Fique de boa... ;)