sexta-feira, 27 de novembro de 2015

SONO

Foto: @mattiasklumofficial


Não importa a idade que tenhas,
Seja novo ou seja velho,
O cansaço vem e te entretém.
Ninguém está a salvo dele.

O corpo composto tem lá seus limites.
Vire e mexe ele nos restringe,
Exigindo pausa após as causas –
Corpo nosso pede calma.

Aí a gente esquece o pente,
Se si lembra, escova os dentes
E se deita com gosto para o enfim...

Porém, o Sono
Não sossega a nossa mente totalmente.
Aí você sonha ou tem horríveis pesadelos.