quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

GOZO EUFÓRICO

Hoje, me sinto inspirado!
Sinto coisas que são só agrado.
Sinto que tenho que deixar aflorar
Tudo aquilo que me pede ar.

Assim sendo, não me aguento.
Deixo mesmo tudo fluir
De um jeito assim que me faz sorrir –
Liberto de mim aquilo que vem com gosto.

Eu não sou tinhoso!
O que sai, é muito gostoso!
Coisa boa de ver sair,

De ver descer,
De ver crescer
E, enfim, partir.