quarta-feira, 13 de julho de 2016

DEBU

Foi-se a quatro ventos
Ternura atípica de menina.
Ela, que sempre fora traquina,
Despertou, belo dia, c’outros jeitos...

Ela agia agora feito gente dos guetos.
Sua mente se perdia em cada esquina,
Sua fome atingia ares de suína
E sua força se exibia plena nos peitos.

Parecia até, veja bem, uma deusa negra
Com ascendência em egípcia extraterrena!
Se ela era a Helena de Tróia de origem grega,

Não importa mais agora, vislumbre a cena:
Menina-macho também ganha machucado
Quando cresce e se almeja com namorado.