terça-feira, 13 de setembro de 2016

DIVAGO SEM EGO FRESCO

Pensando cá no que fazer,
Acabo não fazendo nada
Enquanto o tudo
Passa por mim
Sem aviso prévio.

E nesse bacamarte chato
Me entrego
Sem plano algum nos bolsos
Pra sequer comer um ovo.

Ovo?!

D’onde vem esse papo-furado de ovo?
Estarei com fome
Ou isso é coisa de alarmante preocupante
Com a tal crise galopante?

Não sei.
Só sei que a crise é coisa tipo golpe de estado.