sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

"PESSOAS DE BEM"

Tem gente que se acha,
Acha tanto que não se encontra.
Tem gente que apronta
E acha que não vai ter queixa.

Pobrezinhos! Sempre haverá revolta
Na vida dos que peleja.
Afinal, esses só esperam a deixa
Pra cobrar de vez a conta.

Quem se diz de bem
Não é nada!
Nem bem cheira.

Quem contradiz, pestaneja;
É a luz que alumia a ignorância alheia.
Faz o bem sem olhar os vinténs.