quinta-feira, 30 de março de 2017

RICARDO ESTÁ MORTO

Atordoado pelo orgulho ferido, ele tira a própria roupa e se joga nu pela janela. Do outro lado, ela o vê e se excita ao vê-lo tirar a roupa. Enquanto cai, ele chora, de raiva ou de medo não se sabe. Ela vê o suicida e não acredita no que vê, chocada fica. Espatifado no chão, ensanguentado, ele suspira seu último suspiro, sozinho. Ela olha o corpo morto e não diz nada até seu marido surgir e lhe perguntar o motivo de se entreter tanto na janela. Ela enfim lhe diz: “Ricardo está morto”.