terça-feira, 18 de abril de 2017

INTOLERÂNCIA

Intolerância nós vemos
Naquilo que fazemos,
Mas tentamos disfarçar
Pra não nos caçar.

Porém, se vemos em outrem,
Julgamos e condenamos sem
A menor cerimônia
Ou, na cara, vergonha.

Por que assim agimos,
Neste século de achismos?
Por que tanto ódio,

Nesta sociedade de pódio?
Porque perdemos o respeito
Quando a tela tomou o cara a cara.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

A DELAÇÃO DO FIM DO MUNDO

“Agora vai!”, dizem
Contudo, não é pra tanto
Nesta terra de ninguém,
Os “eleitos”, mesmo suspeitos,
São mantidos em banho-maria
Com o intuito vil
De assegurar a ganância parlamentar
Esperança é para os fracos
Os fortes quebram tudo
Pois nada querem que sobre
Dessa vergonha nacional disforme
Delator é herói
Mesmo sendo cu de bode no calote
Só mesmo os muitos inocentes
Vêem refrigério no meio desse inferno
A coisa tá mais que preta
Aqui, no fim do mundo,
O fim dos tempos
Já foi anunciado
Desde quando àquele portuga
Gritou em alto e bom fado
“Terra à vista!”
De lá pra cá
Só deu merda

sexta-feira, 7 de abril de 2017

PLANETA NOVE

Além de Netuno há
Massa sólida a girar
Num desvario de pirar
Até quem diz que já sabia.

Plutão, se achou, acabou de errar.
Quem o matou se farta na via
Escalafobética da academia,
Querendo pôr e tirar

Astros que já estavam lá
Anos-luz desse inventário,
Que ajuda, mas também complica

A dura pesquisa científica.
Astronomia não é astrologia, otário!
Aqui, deuses fenecem feito vela.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

CIDADE CINZA

Prometida uma cidade linda,
Deram-nos uma cinza.
Perguntamos: onde há lindeza nisso?
Kassab já fez isso e se deu mal,
Agora vem um Doria e passa cal.
Cadê o Kobra, osgemeos e o Chivitz?
Cobriram a todos bem no nosso nariz!
E ainda se diz trabalhador, bom gestor...
TRAIDOR!
Somente os tolos caem nessa de prefeito-gari.
O gari de verdade faz mais por mim
Do que “ele” pensa fazer.
O gari de verdade mostra a minha beleza,
Não a maquila assim cinzenta.
Sou São Paulo 2017
E não Orwell 1984.
Sou de todos,
Não sou do seu bando.
Sou MMDC 1932.