terça-feira, 6 de dezembro de 2016

LIXO VIVO

Descartada por quase todos
Que nela vivem,
A cidade,
Grande cidade,
Agoniza sozinha na sarjeta e
Enquanto uns e outros
Dizem defendê-la
(Salve! Salve!),
Na culatra,
O negócio,
Mau negócio,
Anda torto, capenga,
Dando lucro àqueles que
Nela dizem morar,
Ocupar.

A cidade,
Grande cidade,
Só reflete os que nela vivem, sobrevivem.
Se ela está suja, imunda e feia é por que
Nela sobra gente altiva
E falta gente digna.