quarta-feira, 21 de outubro de 2020

INCOMPETÊNCIA

Imagem: arquiteteseusonho.blogspot.com

És tu, minha filha

Uma menina-menino

De cozinha

Fabricada com muitas mãos

Muitas vezes

Num porão de causas ditas dignas

Mas não, paixão

Tudo é desculpa

De saia curta

Ou de cueca suja

Para as cagadas aí à mostra —

Baita bosta tudo isso

 

Incompetência é a ciência

De um sujeitinho apenas

Ou de um grupo sem escrúpulos

Que quer porque quer

Foder com todo mundo

Menos com eles próprios, óbvio

 

Incompetência é uma doença

Adquirida por aqueles

Que não lavam o próprio rabo;

É um fato cartográfico

Basta ficar de olho esbugalhado

Quase tudo é televisionado


quinta-feira, 1 de outubro de 2020

FILIPETAS

Imagem: contilnetnoticias.com.br

Filipeta é uma arte

Que poucos dão valor

É um barato gráfico

Technicolor color

 

A filipeta de raiz

Coisa mui fina

Só tem uma folha

No verso, outra

Branca é o ideal

Senão, pega mó mal

 

Favor não confundir

Filipeta com santinho

Filipeta, já disse,

É arte mui rica

Santinho é porcaria

Lixo visual da pior espécie

Quem aí vota

Tá ligado

No bendito dia de eleição

O chão parece até um tapete

Tapete traiçoeiro de escorregão

Filipeta não, irmão

Ninguém são a joga em vias públicas

Se a queres, guarda

Monta um álbum de chacrete

Se não, no lixo joga

 

Filipeta é arte efêmera

Dura o que durar

Cumpre o seu objetivo artístico

E o fazes pensar

Pode apostar

 

Filipeta

Palavra-maleta

Carrega um mundo inteiro

Mesmo quando a temos de gorjeta 

terça-feira, 22 de setembro de 2020

TODO O MAL É VÍTIMA DELE PRÓPRIO

Imagem: gratispng.com

Não se engane

Ele mente

Mente tanto

Que tem até crente

Acreditando no verme:

Vormitando

Tanta merda

Que até o tolete

Não aguenta a cagada —

Quem tem cu infantil

Vai entender a piada

 

Não vá na onda

Passe por ela

Não deixe ele te afogar

Pois é bem isso mesmo

Que ele quer

Matar-te na lama

Colocar-te junto

A muitos outros que lá já estão

 

Não seja burro

O mal que ele faz

É o mesmo que ele diz ser vítima:

Vitimizinha vitimizando

Ele inverte tudo

Até a vida

Ou tu aí pensas que ele é o Messias?


segunda-feira, 14 de setembro de 2020

IN VÊNUS VI VIDA

concepção artística da superfície e atmosfera de Vênus - ESO / M. Kornmesser

A olho nu, não dá pra ver

O que lá longe fazem crer.

Seres alienígenas aos montes

Entre as nuvens, horizontes.

 

Vênus olhamos e qual poder

É esse que vemos ali nascer?

Fosfina é seu nome, tu sabes.

Micróbios fazem o que cabes.

 

Deusa alguma se acha

Nesta terra de gás, ácida.

Mas ainda há uma salvada.

 

Um fato em tudo se encaixa.

Toda vida é mui preciosa.

Se além, ela é mais vistosa.

 

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

PARÇA

Imagem: super.abril.com.br

Parça

Ou cuzão

É amigo de estação

Se tu tá bem

Na melhor

Ele aparece sempre

Sem dó

Mas

Se tu tá ruim

Na pior

Ele some

Vira pó

 

Parça só vê grana na praça