sexta-feira, 22 de maio de 2015

CHEIRO DE SEXO

À noite é mais intensa,
A fragrância de dois corpos numa treta.
É um troço digno do Capeta:
Pau e buceta numa transa.

A gente se deixa envolver gostoso
No odor secretor d’uma porra!!
A gente quer se consumir até o gozo.
Se não der, fazemos de tudo ignorando a hora.

Nossos cheiros se misturam,
Se tornando algo de outro mundo!!
Às vezes rola sangue, sempre suor e algumas lágrimas.

A gente se come sem mágoas.
A safadeza nos torna imundos!!
Com ou sem amor se aturam.